sexta-feira, 28 de agosto de 2009

¨¨Vida Urgente¨¨


Hoje é o dia nacional do voluntariado, portanto, eu não poderia deixar de demonstrar aqui o imenso orgulho que eu sinto em ter me tornado voluntaria da Fundação Thiago de Moraes Gonzaga. Lá é desenvolvido o programa Vida Urgente, que busca conscientizar as pessoas sobre os perigos do trânsito, mostrando que a vida é a coisa mais importante que nós temos e que é preciso preservá-la.
Depois de perder o filho, Thiago Gonzaga, em um acidente de trânsito, os pais criaram a fundação para tentar evitar que outros pais passassem pelo mesmo sofrimento. E deu certo! A fundação, que começou pequena, como um grito de dor que precisava ser colocado para fora, hoje é reconhecida e consegue realizar a conscientização entre muitos jovens, evitando assim que mais vidas se percam todos os dias nas estradas. O Rio Grande do Sul já é o estado brasileiro com o menor índice de pessoas dirigindo álcoolizadas, porém, ainda há muito o que fazer.
Ao longo dos anos a fundação ganhou prestígio e reconhecimento... Ganhou também muitos voluntários. Pessoas que se unem para tentar salvar vidas sem esperar nada em troca. A única recompensa é saber que você fez a sua parte e evitou que uma vida se perdesse. Porque pessoas são isso: são vida. Cada pessoa que morre em acidentes deixa família e amigos; deixa uma história que deveria continuar. Saber que você fez a sua parte e evitou que pessoas sofressem por perder alguém é a maior e melhor recompensa que se pode receber. É a única recompensa que cada voluntário espera.
Eu me conheço suficientemente bem para saber que não vou conseguir explicar exatamente o que desejo, portanto, deixo as palavras de Diza Gonzaga, que é um exemplo de mãe, exemplo de mulher e, mais do que tudo, exemplo de ser humano. Uma pessoa que transformou sua dor em forças para desenvolver um trabalho tão incrível como esse. É um imenso privilégio fazer parte disso e eu desejo participar do Vida Urgente por muitos anos.
"O que aconteceu comigo e com o Régis, enquanto pais, não é nenhuma novidade. Isso está acontecendo diariamente, e temos lido e ouvido muitos relatos sobre estas perdas. Mas apesar de sentir que essa dor não diminuirá nunca, e que só vamos aprender a conviver com ela, acho que a morte do meu lindo Thiago não pode ser apenas mais uma. Isso é vaidade? Não sei. O que sei é que é preciso fazer algo, deixar algo para que essa perda produza ganhos, pois admitir que apenas acabou, não consigo. O programa Vida Urgente não salvará o mundo, sabemos, mas se apenas um jovem com acesso a campanha deixar de se sentir babaca por agir com bom senso na direção de um carro ou mudar seu comportamento a partir da reflexão que propomos, já teremos alcançado nosso objetivo."
(Diza Gonzaga - Trecho extraído de www.vidaurgente.org.br)
"A transformação da sociedade começa quando cada um de nós faz a sua parte."
E não esqueçam:
Não dirijam depois de beber. Preservem sua vida e a vida daqueles que vocês nem conhecem. Não permitam que seus amigos e familiares sofram.

2 comentários: